Treino de relaxamento


Que o nosso corpo é o reflexo daquilo que nos vai na alma, todos já sabemos! O dia-a-dia atribulado, com excesso de trabalho, estímulos diversos e constantes (Smartphones, telemóveis, tablets, etc.), uma alimentação descuidada, feita geralmente às pressas, aliada a noites mal dormidas, preocupações infinitas… reflete-se num corpo cada dia mais cansado, stressado, que muitas vezes deixa de ser templo de gozo e prazer, para ser a morada de “mazelas” e intenso sofrimento físico e emocional.

Importante ressalvar que a capacidade para relaxar é desenvolvida como outra capacidade qualquer (praticar um desporto, conduzir um automóvel, aprender outro idioma, etc.), bastando para tal aprender um conjunto de procedimentos e praticá-los com alguma paciência.

O nosso corpo é uma máquina perfeita e expressa para além de gestos e movimentos, as nossas emoções e sentimentos.

Assim uma lembrança positiva pode fazer brotar um sorriso, bem como a evocação de uma memória traumática, ainda que distante, pode causar um aperto no peito, um nó na garganta… Um encontro desagradável pode ocasionar ansiedade, cuja representação física é a taquicardia, sudorese, tremor de extremidades, etc.

Dentro desta perspetiva, o Ser humano é visto como um sistema total integrado de mente, corpo e emoções e desse modo, o caminho para a recuperação ou manutenção da saúde, deve ser percorrido entre os diversos saberes.

Diversas técnicas de relaxamento, sobretudo a respiração diafragmática e o relaxamento muscular progressivo, integrado com técnicas de imaginação ativa ou imagética, ajudam a reduzir o stress, mas também as tensões do dia-a-dia, a ansiedade, a depressão leve e perturbações do sono.

Para além disso melhora a concentração e aumento do desempenho mental e a capacidade para lidar com situações stressantes com mais assertividade.

 

Marcar Consulta